Sócios Fundadores Print
Vitor Alegria

Vitor Alegria


Profissional de seguros desde 1986, nas Companhias de Seguros “Royal Exchange Assurance”, “La Equitativa”, “Mundial-Confiança” e no Grupo Caixa Seguros ( Fidelidade / Multicare).Licenciado em Direito, mas com a paixão pela história dos seguros, em 2009 é co-autor na publicação “CHAPAS – Heráldica das Seguradoras”.Por ser ativista na defesa, conservação e divulgação do património da atividade seguradora, resultou ser fundador e presidente da direção do Clube CHAPAS.Alguns dados pessoais: Empreendedor, Dinamizador e Obstinado, quando acredita nos projetos.

Carlos Barata

Carlos Barata


Em 1990 ingressou na ex-Companhia de Seguros Mundial-Confiança.

 

Carlos Marques

Carlos Marques


Iniciei funções em 1965 , como paquete, aos 13 anos de idade na área de seguros, na então Companhia de Seguros Sagres. Adquirida no final da década de 60 do século passado pela Companhia de Seguros Império aí permaneci, com as variações decorrentes de processo de nacionalização primeiro, depois privatização com o Grupo Mello, posterior venda ao Grupo BCP e por fim a passagem para o Grupo Caixa Geral de Depósitos. Em 2008 saí da seguradora, depois de ter percorrido todas as categorias existentes no então Contrato Coletivo de Trabalho dos Seguros. Desde essa data exerço a tempo inteiro a função de presidente da direção do Instituto Técnico de Seguros – INETESE.Sou igualmente presidente da direção do Sindicato dos Trabalhadores da Atividade Seguradora - STAS

 

José Pousinho

José Pousinho


Licenciado em História, pela Universidade de Lisboa.

 

mario-Rubio

Mario Rubio


Iniciei a minha atividade em 1971, com 14 anos de idade, na “A SOCIAL” Companhia Portuguesa de Seguros, SARL , atualmente integrada na Companhia de Seguros ALLIANZ. Atingi a categoria profissional de Subchefe de secção com 27 anos e em 1986 integrei pela primeira vez a Direção do então Sindicato dos Trabalhadores do Sul e Regiões Autónomas. Em 1990 e em representação do Sindicato passei a fazer parte da Caixa Sindical de Previdência dos Profissionais de Seguros que foi integrada na Segurança Social em 1993. De então para cá faço parte da direção do STAS hoje como 2º Vice Presidente da Direção.

 

1

Paulo Francisco Costa


Enquanto trabalhador-estudante, a 14 de Novembro de 1990, entrei pela Porta 100 da Rua do Ouro, em Lisboa, no edifício que foi Sede da Companhia de Seguros Bonança.Por esta atividade fui ficando repartindo-a entre a Seguradora Bonança e a Corretagem (Várias).Com muito Orgulho e Paixão, grandes momentos tenho vivido na atividade seguradora. É com uma vontade Sonhadora e muita Coragem que quero continuar e, no Chapas ter oportunidade de com os meus pares poder partilhar tanto conhecimento a todos.

 

2

Isabel Anjos


Entrei para a atividade seguradora em 1981, na Companhia de Seguros Bonança EP, após uma época de reestruturação desta indústria no âmbito de fusões e nacionalizações.No meu percurso, sempre nesta Seguradora, passei por diversas áreas como Informática, ramo Vida Grupo (mais tarde na Bonança Vida SA) e ramo Saúde (Médis), nesta altura a Companhia de Seguros Bonança SA pertencia ao Grupo BCP.Em 2004 foi vendida ao Grupo Caixa Seguros, conjuntamente com a Império, passando a ser colaboradora da Império Bonança SA com contrato de cedência no ramo Saúde, e na Multicare desde 2005. A partir de Janeiro de 2012 passei a ser colaboradora da Fidelidade embora continuando na Multicare.Fiz parte, durante três mandatos, da Direcção do Grupo Cultural e Desportivo Bonança mas áreas cultural e desportiva e posteriormente, durante um mandato, na Direcção do Clube Millennium bcp como Secretária.Quando me convidaram para sócia fundadora do Clube CHAPAS, achei que era um grande desafio já que mesmo não desconhecendo totalmente esta indústria, há todo um espólio de documentos e objectos que merece ser tratado e divulgado junto da população portuguesa, esteja ou não ligada à actividade seguradora.Acho que sou empenhada, dinâmica e um bocado perfeccionista. Espero que o meu know-how e a minha “garra” contribuam como uma mais-valia para o Clube CHAPAS.

3

Paula da Silveira e Lorena


Paula da Silveira e Lorena, profissional de seguros de 1974 a 1988 no corretor internacional Stewart Wrightson Lda. A paixão por colecções fez com que a sua colecção de chapas das companhias de seguros fosse a segunda individual, a nível nacional.Sócia fundadora do clube CHAPAS.Membro do The Fire Mark Circle, clube congénere Britânico.

 

Faça-se Sócio

Nome:
Email:
Morada:
Localidade:
Codigo Postal:
Contacto:
Data de Nascimento:

Nota: Valor quota 1€ mes (pagamento anual de 12€)